Novo Livro de Luís Bento

Chama-se «O Prazer da Transgressão» e é o novo livro de Luís Bento, estando prevista a sua publicação para breve. Segue-se a uma primeira colectânia denominada «Este Nosso Jeito de Ser» e está organizado a partir de um vasto conjunto de textos do autor, escritos nos anos finais do século passado e depois já neste que nos trouxe um novo milénio. É um livro que nos surpreende a cada momento. Como nesta partilha, logo na parte inicial: «Quando à noite olho para as estrelas e vejo aquela luz lindíssima, que não está lá, naquele momento, mas já esteve, por vezes há milhões de anos… (Olhar a luz das estrelas é a nossa única oportunidade de ver claramente o passado.) Quando olho para as estrelas, sinto a tal alquimia das emoções e revejo, no cheiro da noite, a lembrança olfactiva da infância. Esta mistura do passado e do presente, da luz cintilante e dos cheiros lembrados, torna-me nostálgico de tudo o que vivi e senti. As minhas memórias parece que precisam deste ritual para revitalizarem toda a sua carga de empatia.»

Luís Bento, natural do concelho de Cascais (Parede, 1951), distinguiu-se no meio empresarial sobretudo na área de recursos humanos; além de outros cargos, exerceu os de presidente da Associação Portuguesa de Gestão das Pessoas (APG) e da International Federation for Training and Development Organi­zations (IFTDO). Foi percursor no nosso país do tema da responsabilidade social das organizações e também especialista em matérias ligadas à administração pública. Nos últimos anos de vida (faleceu em 2015) teve presença regular na rádio e na televisão, afirmando-se como um dos mais interessantes comentadores portugueses.

Além de «Este Nosso Jeito de Ser» e do novíssimo «O Prazer da Transgressão», a On y va tem no seu catálogo o romance de Luís Bento «A Alquimia dos Sentidos – romance de uma geração».

© DR